segunda-feira, 6 de junho de 2011

Frio, pra que te quero??


Sabe, eu sempre fui muito fã de frio, mais eu acho que tá de matar, aff não sei vocês mais minha tolerancia a pés gelados e dedos sem circulação sanguinea nao sao tao a minha praia.
Acho que devo começar a contar alguns fatos para vocês bem todos que voces lerem aqui vou nomear de o DBC ( Diario do Babado de Chese) para nao citar palavras mais fortes.
Bem, lembro-me de uma vez que Estava com um cara muito caliente num bar, cheguei ao mesmo lá pelas tantas das 22h da noite , entre danças e bebidas, e vice e versa , conheci um cara chamado "Senhor X" (para nao citar o nome do ditucujo aqui, ah vamos lá eu pelo menos prezo o anonimato pra ele preservar o bilau e se sentir mais macho) enfim, como so foi me dar conta que estava bebedo lá pelas 5h da manhã fiz várias coisas que ate hoje nao me lembro muito bem, como por exemplo chamar o garçom de pai, ou escorregar no chao molhado do banheiro e dar de cara no miquet.... enfim poupemos detalhes, o caso é que com Senhor X já vivi varias aventuras, Nesta mesma festa eu o conheci, um cara lindo, olhos verdes, corpo em forma, o tipo de homem que todo gordinho na idade de 15 anos se descobrindo deseja, em mais ou menos duas horas de papo, nos dirigimos a um requinte de luxo e riquesa , com escadas entapetadas e o custo da diaria de 30 reais no maximo ( é eu sei que voce pensou enfim)  la ficamos , perfeito, o uncio problema é que ficamos em quarto sem aquecedos e la pelos fins das quantas nao estava nem um pouco afim de ficar minha alta poupança congelada, é que claro que NÃO ligamos de começo pois sabiamos que ia esquentar , mais nao contava com a mão amiga do cidadão tentando animar seu companheiro que digamos congelou na Zorba da vida. Resultado desse impasse Frio + decepção = cara amarrada e vermelha de vergonha.
Resumindo com o frio de SP penso muitas vezes em fazer Sexo ou pelo menos de divertir, acho que seria um trauma da minha vida, ou a vasta ideia de nao querer ver mais "Pequenos companheiros congelados" eu sei que varios passivos e ativos vao ler isso e dizer, esse cara ta maluco, mais divido isso com voces pra vcs tentarem refletir comigo como é sentir o frio na pele de verdade, que é um modo mais singelo e bonito de dizer "VOCE BROXOU CARA!!!" e descobrir que uma mão pode te levar as alturas (.....) bom deixo voces com essa linda lembrança e terminar dizendo a seguinte frase:

" Se o pinto endurecer , verifique antes!, talves seja util para uma agua quente" ¬¬

Fui.

Um comentário:

Gato Van de Kamp disse...

Então vamo lá....

Primeiro deixa eu agradecer pelo comentário lá no meu blog, o blogueiro fica todo envaidecido...

Segundo te dar as boas vindas ao mundo blogueiro (que é ótimo, cheio de gente inteligente, descolada, que tem o que dizer)... Conheça outros blogs, comencte no da galera, o pessoal retorna, numa troca que é sempre muito bacana.. Eu mesmo indico alguns lá no meu (vou passar a te indicar tb)...

Terceiro comentar seu post (que já era hora)... Ai gente, tenho uma inveja de quem aos 15 anos já frequentava hotel de 30 reais a diaria pra fazer uma "boquinha"... Comecei tarde com isso, sabe??? Depois a vida adulta cobra da gente uma imagem, uma postura... Tudo fica mais chato....

Eu amo frio, mas sou de uma cidade do interior do Rio que é super-quente, qdo faz um frio quase choro de emoção, mas nunca que me é um frio como São Paulo que gela a ponta do nariz da pessoa, que vc fica sentindo frio no ombro em baixo da coberta, ou ainda que cobertor n da conta, precisa de aquecedor... Ai é mais fácil gostar...

Anfã... Gostei de vc e do jeito expontaneo que escreve, espero que possamos trocar mais... E.. Me tira uma dúvida???

Como me achou??? Sou o único blog que vc segue, imagino que n tenha sido no blog de ng... Então foi onde???

Agaurdo respostas.. Bjus...